Planejamento Tributário para o MEI

Atualizado: 29 de Mar de 2020


E falando sobre vivência do dia-a-dia, eis que tive a oportunidade de enfim, trabalhar com eles 😍 MEI - você sabe o que é ❓


O Microempreendedor Individual - surgiu com a Lei 128/2008 que buscava formalizar trabalhadores brasileiros que, até então, desempenhavam diversas atividades sem nenhum amparo legal ou segurança jurídica.


Lembrou daquele vendedor de quiosque na rua? Pois é, tá certo 👍 era para formalizar o trabalho também dessas pessoas.

Então, vamos ao que interessa: 😍

Para ser um MEI, é preciso que a empresa fature até R$ 81 mil em um ano, cerca de R$ 6.750 por mês. Além disso, a área de atuação do profissional precisa estar na lista oficial da categoria, que conta com mais de 400 atividades.

Essa lista consta no anexo da Lei 128/08, dá uma olhada lá 😉

Todavia, é preciso que empreendedor tenha no máximo um funcionário, não seja servidor público e nem mesmo titular, sócio ou administrador de outra empresa.

E uma notícia que muita gente não sabe, se liga!!!! O MEI pode ser profissionais que já tem empregos com carteira assinada, mas querem também trabalhar com outra atividade remunerada 😍 nas horas vagas, desde que atendam às exigências mencionadas.😉

No entanto, os profissionais já empregados podem PERDER o direito ao seguro desemprego em caso de demissão sem justa causa.


Então, aqui: CUIDADO!!!! ⚠️

Agora, vamos aos benefícios 🙏 do MEI - Ao pagar a taxa mensal, o empreendedor contribui com o INSS e com isso passa a ter direitos previdenciários como auxílio doença, salário maternidade, benefícios à familiares e aposentadoria por idade. 😍😍😍👏👏

E tem mais!!! O MEI ganha benefícios como a nota fiscal, CNPJ, aluguel de máquinas de cartão, acesso a empréstimos e até facilidades na hora de negociar mercadorias para o próprio negócio. Logo, ampliando formas de atender mais clientes, crescendo.


Agora, vamos ao Planejamento Tributário do MEI 😍

O MEI ao se cadastrar, é enquadrado no Simples Nacional – com tributação simplificada e menor do que as médias e grandes companhias – e fica isento dos tributos federais como IR, PIS, Cofins, IPI e CSLL. A ser recolhido todo dia 20.

Atualmente o custo da mensalidade é de R$ 49,90 mensais retirados para o INSS acrescidos da tributação de R$ 1,00 para quem trabalha com atividades de comércio e indústria e/ou R$ 5,00 para quem é prestador de serviços.


Então, se liga 😉

Não esquece, que entre 1 de janeiro e 31 de maio todos os empreendedores cadastrados devem fazer a DASN - declaração anual do MEI - para não gerar multas.

Na dúvida, consulta um advogado tributarista 😉 #tubarõesnascemnadando #acredite #vocêéumapotencia #feliz #tbt #advogada #amoadvogar #mulheradvogada #deus #jesus #devoltaaomosteiro #direitotributário #advogadatributarista #construindoumlegado #valorizesuahistória #sonhealto #somostodoscontribuintes #realizandosonhos #dodesertoparaavida #gratidão #kanawatiadvocacia #educaçãofiscal #continueanadar #aoinfinitoealém

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo